A ASCENSÃO DA MODA SECOND HAND

O mercado de seminovos nunca esteve tão aquecido como agora no mundo da moda. Prova disso são os dados obtidos no relatório anual de Revenda da ThredUP, um marketplace que tem sede em Oakland, na Califórnia, e se especializou na revenda de produtos second hand.

A pesquisa mostra que aquele velho conceito de que peças de segunda mão não têm qualidade ficou no passado, principalmente entre as pessoas da geração Y e Z.

Até 2024, o mercado de revenda movimentará US$51 bilhões, entre marcas mais populares e de luxo. Mas não é só isso! A pesquisa revelou muito mais informações sobre esse cenário. Confira a seguir!

O crescimento promissor do mercado de seminovos

Se há 10 anos, você realizasse uma pesquisa com um grupo de mulheres e perguntasse a elas qual era a chance de comprarem roupas, bolsas e acessórios seminovos, provavelmente a maior parte das respostas seria negativa.

Hoje, esse cenário mudou completamente, e o crescimento desse mercado tem impressionado especialistas. Para que você tenha uma ideia, em 2018, cerca de 64% das mulheres americanas já haviam comprado ou consideravam comprar peças seminovas, contra 45% do mesmo grupo de mulheres em 2016.

O destaque maior quanto às aquisições vai para o público que têm entre 25 e 37 anos. Confira mais alguns dados sobre esse mercado:

  • 26% das pessoas que consomem produtos de luxo recorrem ao mercado de revenda;
  • 25% dos compradores das lojas de departamento recorrem ao second hand;
  • 22% dos compradores de grandes distribuidores recorrem aos produtos seminovos.

Uma das responsáveis por esse crescimento expressivo foi a tecnologia. Antes era muito mais complexo disponibilizar uma peça usada para que outras pessoas pudessem encontrá-la.

No entanto, com o crescimento de marketplaces e aplicativos voltados para esse mercado, a rotina de quem quer comprar ou vender ficou muito mais fácil, uma vez que essas ferramentas são capazes de unir interesses em comum.

A sustentabilidade como propulsora de mercado

Não foi só o crescimento da tecnologia que fez com que as pessoas passassem a buscar produtos de segunda mão. Um dos maiores propulsores para que isso acontecesse foi a degradação ambiental.

Quando o assunto é a indústria da moda, os números são alarmantes. Alguns dados mostram que as pessoas estão comprando muito mais e usando as peças por muito menos tempo, o que reflete nos métodos e recursos usados na produção, por exemplo:

  • 108 milhões de toneladas de recursos não renováveis são utilizados na produção de roupas por ano;
  • 1 caminhão de lixo têxtil é incinerado a cada segundo no mundo;
  • a indústria da moda é responsável por 25% da emissão de carbono na atmosfera.

Isso quer dizer que o modelo de negócio sustentado pelas fast fashions e o consumo desenfreado que as pessoas têm alimentado dobraram a quantidade de recursos naturais usados nos processos de produção.

Fora isso, ainda temos as toneladas de lixo têxtil despejadas no oceano, os produtos tóxicos contaminando o solo e os bilhões de litros de água usados para produzir poucas peças, que são compradas e utilizadas por menos de um ano.

A ascensão do consumidor consciente

Diante desses dados, o consumidor tem procurado maneiras mais sustentáveis de adquirir roupas, sapatos e acessórios. O mercado de revenda se revelou como uma ferramenta muito poderosa nesse sentido, gerando uma economia circular muito mais consciente.

Em 2018, cerca de 72% das pessoas já se preocupavam em adquirir roupas de marcas que fossem amigas do meio ambiente, da fauna e também dos trabalhadores envolvidos no processo de produção.

A causa social, inclusive, não foi foco da pesquisa da ThredUP, mas é uma questão que só reforça a importância de valorizarmos ainda mais o mercado de revenda. O trabalho escravo, infantil e as condições desumanas proporcionadas por muitos empregadores têm saltado aos olhos do mundo e reforçado o desejo por mudanças.

Antes, a ética nesses processos era vista como um luxo, mas hoje esse cenário mudou. O mercado de segunda mão é uma garantia da forma sustentável como o produto foi adquirido, produzido e distribuído.

As demandas secundárias preenchidas pela revenda

Embora a questão ambiental e o consumo consciente sejam prioridades, existem outras demandas interessantes que são perfeitamente preenchidas pelo mercado de segunda mão no mundo inteiro.

Uma delas é a ascensão do Instagram, que trouxe a vontade de aparecer com looks renovados diariamente. O hábito, é claro, é pouco sustentável, tanto financeiramente quanto em termos de proteção ambiental.

Comprar e vender peças pouco usadas é uma solução que caiu como uma luva para quem se preocupa com essa questão, alimentando um consumo do bem.

A chegada do mercado de seminovos ao Brasil

Embora a pesquisa e os dados levantados sobre o mercado de segunda mão tenham sido coletados em estados americanos, a mudança é certa no mundo inteiro. Afinal, não há mais como sustentar o estilo de vida fast.

No Brasil, já existem marketplaces se especializando no assunto, inclusive dentro do mercado de produtos de luxo. Segundo o relatório de inteligência do mercado de segunda mão, realizado pelo SEBRAE, o potencial de crescimento dessa área no país é altíssimo, expandindo-se 24 vezes mais rápido que o próprio varejo.

Esses dados representam oportunidades reais, tanto para quem quer vender como para quem deseja comprar, uma vez que quase 70 milhões de brasileiros acumulam itens sem uso e 84% deles desejam desapegar dessas peças.

Entre os poderosos marketplaces de revenda de itens de luxo no Brasil, que têm reinventado o mercado de segunda mão no país, está a Bid4Fashion. Na plataforma, é possível vender e comprar peças exclusivas de um jeito simples e descomplicado.

A loja trabalha com as maiores marcas do mundo, incluindo Fendi, Balenciaga, Chanel, Gucci, Valentino e inúmeras outras. É a oportunidade perfeita para começar a fazer parte desse pensamento consciente que será o futuro da moda muito em breve.

Conheça o processo de revenda da Bid4Fashion! Explicamos tudo direitinho em nosso site. Assim, você verá como pode ser fácil vender seus itens ou comprar na plataforma!

Mais de Bid4Fashion

COMO COMPROVAR A AUTENTICIDADE DE UMA BOLSA DE LUXO?

Não dá para negar: roupas e acessórios de marca são itens incríveis...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *